Ex-padrasto de 66 anos é preso acusado de abusar de adolescente que ajudou a criar

Um home de 66 anos foi preso neste domingo (10) acusado de abusar sexualmente da ex-enteada de 16 anos, em Várzea Grande. A vítima passava o fim de semana na casa do homem quando ela ligou para um familiar e contou que o ex-padrasto havia passado a mão em seu órgão genital.

A vítima foi passar o final de semana na casa do suspeito como de costume, pois tinha uma relação próxima com o homem por ele tê-la criado. No entanto, nas últimas visitas, o suspeito retirou a cama onde a adolescente dormia no quarto de visitas e colocou em seu quarto alegando que seria melhor, pois o cômodo era o único que tinha ar-condicionado.

Logo pela manhã de domingo, a vítima ligou desesperada para os familiares relatando que o homem havia acariciado sua parte íntima e beijado seu pescoço. Além disso, ele ainda deu R$ 200 para a vítima comprar um óculos, mas, ao entregar o dinheiro, ele colocou próximo de sua genitália, tocando-a novamente.

Ao receber a ligação, a família acionou a Polícia Militar, que foi até o local.

Aos militares, o criminoso disse ter dado a ela o valor que deveria ser utilizado para compra dos óculos, mas negou ter cometido qualquer tipo de abuso.

Ele foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes.

Fonte: HNT – Hiper Notícias

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas