Homem confessa que matou mulher com faca de serra e ateou fogo em corpo para não pagar dívidas de drogas

Aniely Alves de Souza, de 29 anos, foi encontrado morta dentro de um veículo Toyota Corolla, no município de Alta Floresta (790 km de Cuiabá). Aniely tinha queimadura por várias partes do corpo.

Segundo registro da Polícia Civil, o corpo foi localizado por volta das 8h50 e após verificação das câmeras de segurança em volta do local do crime, foi possível ver o momento em que a mulher chegou no veículo, estacionou e entrou pelo portão de uma casa, enquanto outra pessoa ficou aguardando do lado de fora.

Informações extraoficiais indicam que a vítima era acompanhante de luxo e se apresentava com o nome de “Fernanda Morena” em uma página destina a divulgar os seus serviços prestados. Em seu perfil (que não está mais sendo encontrado), ela relata que cobrava R$ 300,00 por uma hora, pelo serviço de acompanhamento, realizando atendimento à domicílio, festas, eventos, hotéis, local próprio e motéis.

A equipe, dando prosseguimento as investigações, entrevistaram o morador da casa, o qual demonstrou bastante nervosismo ao responder as perguntas, apresentando diversas contradições.

Mas logo em seguida revelou que foi o autor do crime e a matou com uma faca de serra, por ele ter uma dívida de drogas, com ela.

O suspeito relatou que colocou o corpo da mulher dentro do veículo e ateou fogo, mas que não queimou tudo, pelo fato das portas terem sido fechadas evitando a entrada de oxigênio, extinguindo as chamas.

Diante das evidências, o homem foi conduzido à Delegacia de Alta Floresta e preso em flagrante pelos crimes de feminicídio, tentativa de destruição de cadáver e fraude processual.

Fonte: www.unicanews.com.br

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas