Homem que matou a ex-mulher a facadas na frente do filho de 11 meses é condenado em Mato Grosso

Condenado a 24 anos de reclusão por homicídio qualificado cometido no município de Diamantino (a 202 Km de Cuiabá), o réu terá que efetuar o pagamento de R$ 40 mil, a título de danos morais, aos familiares da sua ex-companheira, que à época dos fatos tinha 16 anos de idade. O pedido de indenização partiu do Ministério Público do Estado de Mato Grosso e foi acolhido pelo Poder Judiciário.

O réu, segundo o MPMT, foi submetido ao Tribunal do Júri na quinta-feira passada. Além do feminicídio, o Conselho de Sentença reconheceu as qualificadoras motivo fútil, meio cruel, utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima e prática do crime na presença física da ascendente e descendente da vítima. Os fatos ocorreram em agosto do ano passado, por volta das 19h30.

Consta na denúncia que o condenado pulou o muro da residência da vítima e arrombou a porta do seu quarto. Na sequência, passou a desferir diversos golpes de faca contra a vítima que, no momento, estava com o filho do casal de apenas onze meses em seus braços. Segundo o MPMT, a criança somente não foi atingida porque a mãe a protegeu, debruçando-se sobre seu corpo. O crime foi cometido na presença da avó da vítima.

Fonte: www.cenariomt.com.br

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas