Bebê estuprado pelo padrasto tem hímen rompido e laceração anal em MT

Exames realizados na bebê de seis meses estuprada pelo padrasto, em Pontes e Lacerda (440 km de Cuiabá), constou candidíase e secreção na genitália, além de laceração anal. O crime foi descoberto após a criança ter problemas de saúde e ser levada pela mãe ao Pronto Atendimento da cidade na noite desta terça-feira (08).

O padrasto da criança, Roniclei de Oliveira, 31, foi preso suspeito de ser o autor do estupro. Segundo informações, o bebê deu entrada no hospital na segunda-feira (07) com problemas derespiração.

De acordo com a equipe médica, os sintomas seriam de pneumonia. Inclusive, a criança está sob uso de balão de oxigênio para ajudar na respiração.

Porém, desde que a criança deu entrada no hospital, a equipe médica suspeitou que ela também tenha sofrido violência sexual. O resultado de um exame apontou que o hímen da criança foi rompido.

Foram feitos exames mais detalhados que apontaram candidíase e secreção na genitália, além de laceração anal. A equipe do hospital, então, acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar.

No primeiro momento, a mãe da criança negou as acusações e disse que não sabia do paradeiro de seu atual marido, que passou a ser o suspeito. Posteriormente, a mulher disse que mora com a filha de seis meses, outra de 7 anos e o namorado de 31 anos, com quem convive há dois meses, mesmo tempo em que o homem saiu da cadeia.

Ela ainda disse que o autor do crime pode ser o namorado. Com as revelações da mãe, a Polícia Civil e a PM iniciaram as buscas ao suspeito, que foi localizado na casa da sua mãe.

Ao perceber a chegada da viatura, Roniclei tentou fugir do local, mas acabou sendo detido. Ao ser questionado sobre os fatos, ele não negou e nem desmentiu a autoria.

Diante dos fatos, o suspeito foi levado algemado para a delegacia e o caso segue em investigação. Roniclei era ex-presidiário.

Fonte: www.tvmaisnews.com.br

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas