Cantora lança videoclipe contemplado com edital de fomento à cultura da Secel

O videoclipe “Sonhos no jardim do agora”, da cantora Mariana Borealis, será lançado oficialmente neste domingo (21.01), a partir das 21h. Contemplado no edital Cine Motion da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o audiovisual evoca reflexões sobre o ato de sonhar e a possibilidade de se construir um futuro melhor e mais sustentável.

O lançamento será feito durante um show da cantora e compositora no Rebu Bar, em Cuiabá. Mariana irá apresentar o repertório autoral na primeira parte do show, encerrando com a exibição do videoclipe inédito. Em seguida, a artista volta ao palco com um diversificado repertório de releituras que transitam entre samba, forró, baião e outros gêneros brasileiros. A entrada é gratuita e o couvert é de apenas R$ 10.

“Sonhos no jardim do agora” é o segundo videoclipe da carreira de Mariana Borealis. Combinando live action com trechos animados, o audiovisual tem a direção de Isabela Ferreira, roteiro de Yasmim Moreira e animações originais da artista plástica Amanda Homem.

Além de dar voz à canção, Mariana protagoniza o videoclipe, que também conta com a participação de cinco crianças, sendo duas delas seus filhos, Áureo e Raul. “A canção traz a infância, as florestas, a espiritualidade dos povos originários. É uma mistura rítmica de um Brasil múltiplo”, comenta a artista.

O videoclipe ficará disponível no canal do YouTube da artista. E uma nova versão da canção também será disponibilizada no Spotify.

Mariana Borealis

A “Filha do Cerrado”, como se autodenomina a cuiabana Mariana Borealis, canta profissionalmente há uma década e é considerada uma das principais intérpretes do estado. Ultimamente, tem se dedicado cada vez mais ao repertório autoral.

Além da carreira solo, é uma das integrantes do grupo de samba Sasminina, que reúne outros importantes nomes da música mato-grossense: Karola Nunes, Ju Grisólia, Mônica Campos, Jake Xavier e Fabi Franca.

Mariana é ganhadora do Prêmio Tereza de Benguela na categoria música Afro. Em 2023, foi selecionada para a Feira da Música de Mato Grosso (Femus MT), participou do 3° Festival Vambora MT, fez shows em Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro, além de gravar duas canções no projeto “Uma voz em sete cordas” enaltecendo o samba raiz, uma das principais vertentes de atuação da intérprete atualmente.

Fonte: SECOM/MT

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas