Condenado por agredir e deixar companheira sem 80% da visão é preso em Mato Grosso

Um homem que agrediu a sua companheira, causando a perda de 80% da visão da vítima, teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil, esta manhã, em ação realizada pela equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá).

O agressor de 43 anos foi condenado em 2022 por agressão à sua companheira, ocasião em que desferiu contra ela um soco no olho que resultou em sérias sequelas, inclusive a perda de 80% da sua visão.

O mandado de prisão foi emitido após processo legal, onde o agressor foi devidamente julgado e condenado pela agressão cometida. Após ter o mandado de prisão cumprido, foi encaminhado para a Cadeia Pública local, onde ficará à disposição da Justiça.

Segundo a delegada titular da DEDM Barra do Garças, Luciana Canaverde, o caso, que chocou a comunidade em 2022, finalmente teve desdobramentos legais com a prisão do responsável pela violência doméstica. “O episódio ressalta a importância da justiça em casos de violência doméstica, onde a vítima muitas vezes sofre não só física, mas também emocionalmente. A prisão do agressor é um passo crucial na garantia da segurança e proteção das vítimas de violência doméstica, além de servir como exemplo de que tais atos não serão tolerados pela sociedade nem pelo sistema legal”, disse a delegada.

Fonte: Só notícias

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas