Criminoso responsável por série de estupros é preso em Mato Grosso

A Polícia Civil de Barra do Garças, Mato Grosso, efetuou a prisão em flagrante de um criminoso de 28 anos nesta sexta-feira (15), sob a acusação de tentativa de estupro contra uma garota de programa. O indivíduo é suspeito de estar envolvido em pelo menos outros quatro casos de estupro ocorridos no município em dezembro e está sob investigação em outros três inquéritos policiais.

As investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) indicam que esse não seria o primeiro crime cometido pelo suspeito, sugerindo sua participação em uma série de estupros consumados contra outras mulheres que trabalham como profissionais do sexo.

A identificação do criminoso ocorreu após uma das vítimas procurar a Delegacia da Mulher, acompanhada de uma amiga que também havia sido alvo do mesmo agressor no dia anterior (14).

Durante o depoimento, a garota de programa detalhou o ataque, fornecendo informações cruciais e elementos de prova que possibilitaram a identificação do agressor. As investigações avançaram, revelando que a ação do criminoso não foi um incidente isolado, mas parte de um padrão de comportamento.

O suspeito agendou encontros sexuais com pelo menos outras três garotas de programa, não comparecendo em todos eles na última hora, indicando que poderia ter feito mais vítimas.

Para a delegada titular da DEDM de Barra do Garças, Luciana Canaverde, as condutas do investigado sugerem manipulação e a intenção de causar sofrimento emocional às vítimas. Os elementos colhidos até o momento são considerados suficientes para ligar o suspeito preso em flagrante aos crimes de estupro ocorridos no município desde o início do mês de dezembro.

“A prisão em flagrante foi possível devido às sérias denúncias de tentativa de estupro e estupro consumado. As autoridades estão trabalhando para reunir todas as provas necessárias para que o investigado responda por todos os crimes praticados. A Delegacia da Mulher pede à comunidade que coopere com qualquer informação adicional que possa fortalecer o caso e ajudar na busca pela verdade, especialmente quanto ao surgimento de outras eventuais vítimas”, afirmou a delegada.

Fonte: Cenário MT

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas