Idosa estuprada duas vezes na mesma noite revela horror cometido por criminoso

A idosa identificada pelas iniciais M.A.P.S., de 69 anos, relatou, em depoimento à polícia, os momentos de terror que viveu no último fim de semana, quando foi estuprada duas vezes na mesmo noite pelo criminoso Paulo Santana, de 37 anos, que foi preso horas depois, em Várzea Grande. O HNT teve acesso aos relatos da vítima.

Ela contou que reside sozinha na casa e que tem deficiência auditiva moderada. Porém, ressaltou que o filho sempre faz visitas e que é escolha dela permanecer morando sozinha.

Por volta das 21h do dia 27 de outubro, o suspeito arrombou a porta de sua casa e foi até o quarto onde ela estava dormindo. Ela foi surpreendida pela presença do criminoso e começou a passar mal.

Assustada, ela disse que conseguiu correr até o banheiro do quarto, mas o suspeito invadiu o local, quebrou a porta, segurou-a pela cintura e a jogou na cama, onde cometeu o estupro. Ela contou que o ato foi tão violento que ela chegou a vomitar durante, pelas fortes dores que sentia.

Após o crime, ela disse que não se lembrava de muita coisa, mas logo ao amanhecer do dia seguinte, ou seja, horas depois do ato criminoso, ele retornou para casa dela, mas desta vez ele invadiu pela janela e armado com duas facas. A vítima ainda implorou para o homem ir embora, mas ele novamente foi agressivo, segurando-a pelos braços e cometendo um novo estupro.

Depois dos crimes, a idosa ligou para o filho e contou sobre o que tinha acontecido. Depois da prisão do suspeito, ela disse que já o viu andando pelas ruas algumas vezes e que ele mora a cerca de 700 metros de sua casa.

SEGUE PRESO

Em audiência de custódia no dia de sua prisão, na 2º Vara Criminal de Várzea Grande, o juiz Luís Augusto Veras Gadelha manteve a prisão de Paulo Santana.

Fonte: HNT

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas