Karen se projeta no médio norte e incomoda caciques

A política é sempre uma caixinha de surpresas e nesse universo em que nada é absoluto tudo pode acontecer, inclsuive nada.  Um exemplo disso vem de Tangará da Serra.

Quando a advogada especializada em direito agrário, Karen Rocha, aceitou o desafio de colocar seu nome à disposição de seu partido para concorrer a uma cadeira na Câmara Federal, políticos ligados a figurões e analistas de plantão logo vaticinaram  que a elegante jurista não teria a menor chance. Os fatos mostram exatamente o contrário.

Não é possível afirmar que Karen será eleita deputada federal. Ela tem pela frente uma dura batalha. O PSB, partido ao qual é filiada, deve fazer uma cadeira na Câmara dos Deputados.

A esposa do prefeito de Rondonópolis, Zé do Patio, Neuma Morães, tem a seu favor a máquina e uma forte estrutura.

Rocha não se preocupa com isso e a razão é simples. Expressivas lideranças de Campo Novo do Parecis, Brasnorte, dos municipios vizinhos de Tangará da Serra e até de Sorriso, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde e Sinop acabam de hipotecar apoio a pré-federal Karen.

O crescente apoio a tangaraense Karen Rocha já incomoda caciques da região que fizeram da política uma profissão e do mandato eletivo um instrumento em defesa de seus interesses pessoais e dos grupos econômicos que representam.

Fonte: www.abroncapopular.com.br

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas