Mulheres indígenas promovem evento cultural com desfile de moda e feira de artesanato em Cuiabá

Mulheres líderes indígenas, ribeirinhas e quilombolas estão promovendo um evento cultural com desfile de moda e feira de artesanato que inicia, nesta segunda-feira (28), em Cuiabá. O objetivo é promover o turismo de base comunitária, que consiste em vivências culturais de comunidades tradicionais e de desenvolvimento sustentável.

O evento reúne povos de etnias de Mato Grosso, Amazonas e Tocantins. As comunidades vão expor produtos feitos por eles para comercialização, como biojoias, bolsas, pinturas, cocar, cestas e roupas.

Entre as etnias de Mato Grosso que irão participar estão os povos Kuikuro, Umutina, Paresi, Bakairi, Guató, Chiquitanos e Kamayurá.

Representando o Amazonas, irá participar a etnia Kambeba e uma comunidade quilombola de Tocantins, Mumbuca.

Na abertura oficial do evento será realizado um desfile de moda indígena que e contará com peças inspiradas nas etnias Bakairi, Kamayurá e Paresi. As roupas também ficarão expostas na feira para que o público possa conhecer a cultura destes povos.

O desfile também terá roupas confeccionadas por meio do projeto Kywagâ Desenvolvimento de Linhas de Produtos da moda indígena Kurâ-Bakair, além de artesanatos produzidos por meio do projeto Bolorie Umutina.

As palestras e debates do evento são exclusivas para as líderes comunitárias que serão ministradas por representantes de comunidades indígenas, quilombolas e ribeirinhas. Elas também participam de mesa-redonda sobre turismo de base comunitária.

Entre as palestrantes está Neurilene Cruz Kambeba, membro do grupo de mulheres indígenas da etnia Kambeba, que gerencia o Restaurante Sumimi, na comunidade Três Unidos, em Manaus.

Além dela, participa a líder ribeirinha Odenilze Ramos, que facilita processos de volunturismo, que alia turismo com trabalho voluntário, em comunidades tradicionais do Brasil.

O evento conta ainda com participação de Ilana Cardoso, quilombola da comunidade Mumbuca, guia turística no Jalapão e assessora na comercialização das biojoias de capim dourado.

O Turismo de base comunitária segue um modelo de gestão feito pela própria comunidade, promovendo experiências culturais que geram benefícios econômicos e sociais àquele povo, ao mesmo tempo em busca o desenvolvimento e a conservação do meio ambiente.

O evento vai acontecer no Cine Teatro Cuiabá, na segunda-feira (28), às 19h, e terça-feira (29), das 9h às 18h. Já a feira de artesanato fica aberta ao público até o dia 1º de abril.

 Fonte: g1.globo.com/mt

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas