Polícia Civil prende autor de feminicídio que matou ex-companheira a marretadas em Várzea Grande

O autor do feminicídio ocorrido no início do mês na cidade de Várzea Grande teve o mandado de prisão temporária cumprido pela Polícia Civil, nesta terça-feira (16.04), dentro das investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Interrogado pelo delegado Marlon Luz, o investigado de 48 anos confessou o crime e disse que matou a vítima, utilizando uma marreta, por não aceitar o fim do relacionamento.

O crime que vitimou Eva Domingas de Oliveira, de 39 anos, ocorreu no dia 05 de abril, na residência da vítima no bairro Marajoara em Várzea Grande. A vítima foi encontrada já sem vida com traumatismo na cabeça e manchas de sangue pelo corpo.

Em análise do local de crime, desde a entrada da casa, os policiais da DHPP e os peritos encontraram gotejamentos e poças de sangue. Uma marreta, utilizada para golpear a vítima, foi apreendida na residência.

Durante as investigações, foram ouvidas diversas testemunhas, que apontaram o ex-companheiro da vítima como autor do homicídio, motivado por ele não aceitar o fim do relacionamento.

Com base nos elementos apurados, o delegado responsável pelas investigações, Marlon Luz representou pela prisão temporária do suspeito, que foi deferida pela Justiça e cumprida nesta terça-feira (16).

“A prisão do investigado é um ponto importante ¿para o esclarecimento dos fatos, uma vez que contribui para o trabalho da Polícia, evitando que ele ameace testemunhas, fuja, ou que venha obstruir qualquer outro ato de investigação”, disse o delegado.

Fonte: PJC/MT

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas