Republicanos de Cuiabá se reúne para discutir projeção de vice na chapa de Botelho, diz Maysa

A vereadora por Cuiabá, Maysa Leão (Republicanos), disse que o diretório municipal do partido se reuniria nesta quinta-feira (15) para conversar sobre as conjunturas em torno da confirmação do deputado estadual Eduardo Botelho (UB) como pré-candidato à Prefeitura da Capital pelo União Brasil. A agremiação foi ventilada como alternativa para compor como vice e Maysa seria o rosto do Republicanos. A parlamentar demonstrou estar aberta a abrir mão do plano de reeleição à Câmara para somar com o projeto político da sigla.

Maysa comentou sobre a demora para o anúncio ser feito pelo governador Mauro Mendes (UB). Segundo a vereadora, nos bastidores, o sentimento era de “cansaço” pela situação que se arrastava há meses.

“Acredito que essa escolha precisava acontecer. As pessoas já estavam cansadas de esperar e sempre foi prorrogado, muita gente apostava que a escolha do governador seria pelo Fabio Garcia que estava mais próximo a ele. Não sei como foram as conversas, a gente recebeu essa notícia hoje. Então, se agora é o deputado Botelho o candidato do União Brasil, agora os outros partidos poderão se posicionar a respeito de apoiar, de estar junto e o Republicanos vai se reunir nessa tarde para definir isso”, declarou Maysa Leão à imprensa nesta quinta-feira.

A possibilidade de a vereadora estar no palanque ao lado de Botelho agregou capital político à Maysa, que soube usar os holofotes ao seu favor para ganhar espaço dentro do partido. A parlamentar afirmou que seu planejamento pessoal é focar no Legislativo. No entanto, poderia reconfigurar o quadro por fidelidade ao grupo.

“Houve o convite lá atrás e, na época, fiquei muito lisonjeada pelo reocnhecimento político, mas, como já expressei, meu trabalho como vereadora está só começando e pretendo continuar indo para uma reeleição de vereadora. Esse é o meu projeto pessoal. É óbvio que em política a gente não pode afirmar coisas quando a gente tem um grupo por trás. Estou disposta a conversar sim. O Republicanos é um partido do qual eu faço parte das decisões, estou ao lado, mas o meu desejo pessoal é continuar como vereadora”, explicou Maysa.

Fonte: HNT – Hiper notícias

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionadas